FRANÇAIS                              ESPAÑOL                             ENGLISH

BÍBLIA ONLINE

BÍBLIA ONLINE (Traduções comparativas)

BÍBLIA ONLINE (Em vários idiomas)

O julgamento dos injustos ressuscitados

UM CORPO SEM DEFEITO

A primeira pergunta é: Será que os ressuscitados terão um corpo sem pecado e sem defeitos na mesma ressurreição? A resposta bíblica é: sim. Pela aplicação do resgate pago por Deus com o corpo sem pecado do Seu Filho Jesus Cristo morto em troca da vida de nosso antepassado Adão. Jeová pode dar um corpo humano sem pecado ou sem defeito físico ou mental a todos os humanos ressuscitados: "assim como o Filho do Homem veio, não para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em troca de muitos" (Mateus 20: 28).

Concretamente, um humano que tenha morrido de velhice ou doença, não ressuscitará com os efeitos posteriores que lhe causaram a morte. Uma pessoa idosa não será ressuscitada na velhice que lhe causou a morte, ela terá um corpo jovem e energético. Uma pessoa doente que morreu como resultado de sua doença e uma pessoa com deficiência que morreu com sua malformação física ou mental, será ressuscitada com um corpo jovem totalmente válido. O dom da vida que Jeová Deus fará através do Seu Filho Jesus Cristo será sem defeito: "Toda boa dádiva e todo presente perfeito vem de cima, desce do Pai das luzes celestes, o qual não muda como sombras inconstantes" (Tiago 1:17). A ausência de "variação da rotação de sombras" significa um zênite permanente do sol em relação às doações de Jeová. O que significa que quando Jeová Deus "dá", Ele está sempre no zênite ou no máximo de qualidade. Portanto, é evidente que Jeová dará aos ressuscitados um corpo humano sem defeito físico ou mental. Mas como se pode explicar esta passagem do livro de Apocalipse?

"E ele me mostrou um rio de água da vida, límpido como cristal, que saía do trono de Deus e do Cordeiro e fluía pelo meio da rua principal da cidade. Dos dois lados do rio havia árvores da vida, que produziam 12 safras de frutos e davam seus frutos todo mês. As folhas das árvores eram para a cura das nações"

(Apocalipse 22: 1,2)

Este versículo parece significar uma progressiva cura da humanidade de doenças durante o reinado milenar. A cura das nações é aplicável na Grande Multidão da humanidade que sobreviverá a Grande Tribulação, que será curada dos efeitos do pecado herdado de Adão, envelhecimento com rejuvenescimento e a cura de várias deficiências físicas e mentais:

"Naquele tempo se abrirão os olhos dos cegos E se destaparão os ouvidos dos surdos. Naquele tempo os mancos saltarão como os cervos, E a língua dos mudos gritará de alegria. Pois águas vão jorrar no deserto, E torrentes na planície desértica" (Isaías 35: 5,6).

De acordo com Zacarias 13: 8, o terço da humanidade atual restará depois da Grande Tribulação: "E, em toda esta terra”, diz Jeová, “Dois terços serão eliminados, morrerão; E um terço restará." (Zacarias 13: 8). "Depois disso eu vi uma grande multidão, que nenhum homem era capaz de contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do trono e diante do Cordeiro, vestidos de compridas vestes brancas, e havia folhas de palmeiras nas suas mãos. (...) Esses são os que saem da grande tribulação; eles lavaram suas vestes compridas e as embranqueceram no sangue do Cordeiro" (Apocalipse 7: 9,14).

E a ressurreição gradual de toda a humanidade durante os mil anos do reinado de Cristo também será uma "cura" das nações: "Então ouvi uma voz alta do trono dizer: “Veja! A tenda de Deus está com a humanidade; ele residirá com eles, e eles serão o seu povo. O próprio Deus estará com eles. Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem haverá mais tristeza, nem choro, nem dor. As coisas anteriores já passaram" (Apocalipse 21: 3,4).

Se pode reafirmar os ressuscitados da Terra receberão um corpo humano sem defeito físico ou mental (Tiago 1:17 compare com Mateus 15: 30,31).

O JULGAMENTO

E no caso de eles terem um corpo sem pecado, como será compatível com o fato de que durante os mil anos muitos ressuscitados injustos cometerão erros ou pecados não intencionais sem morrer?

"Pois o salário pago pelo pecado é a morte" (Romanos 6:23). Em Ezequiel 45:20, está escrito que os "ressuscitados" "inexperientes" farão "erros": "Você fará o mesmo no sétimo dia do mês, a favor de qualquer um que peque por engano ou por ignorância; e vocês devem fazer expiação pelo templo" (Ezequiel 45:20). Poderiam tais pecados ou erros reacender um processo mortal, como foi no caso de Adão e sua descendência (Romanos 5:12)? A Bíblia sugere que este não será o caso, especialmente em Isaías 65:20: "Pois quem morrer com cem anos será considerado jovem, E o pecador será amaldiçoado, mesmo que tenha cem anos". Este texto mostra que alguns resucitados injustos que não querem se conformar às leis de Deus, depois de um lapso de tempo de cem anos, ele "morrerá sendo jovem". Isso mostra que os seus próprios pecados não terao impacto em seu corpo humano a ponto de "amaldiçoa-lo". Isso não contradiz Romanos 6:23?

Ao comparar as informações da profecia de Ezequiel 45:20 e Apocalipse 20: 5, pode-se dizer que a estrutura legal divina permitirá essa situação. Como? Em Apocalipse 20: 5 está escrito: "Os outros mortos não voltaram a viver até os mil anos terem terminado". Este texto significa que todos os ressuscitados terrestres como grupo mundial serão considerados com "nao-existentes", do ponto de vista divino, até no final de mil anos. E até o final de mil anos, do ponto de vista legal, o grupo mundial de ressuscitados não existirá. Isso explica o estranho detalhe de Ezequiel 45:20: "Você fará o mesmo no sétimo dia do mês, a favor de qualquer um que peque por engano ou por ignorância; e vocês devem fazer expiação pelo templo". Esta passagem bíblica dá informação que é tanto estranha como explicável pela informação em Apocalipse 20: 5, que mostra que todos os ressuscitados (como grupo) não terão existência oficial do ponto de vista divino, durante o reinado milênio. De fato, está escrito em Ezequiel que, para um "erro de um inexperiente", será feita expiação, não para o pecador, mas para a Casa ou Templo (dependendo do contexto). Por quê? Porque essa pessoa (ressuscitada) não terá uma existência oficial do ponto de vista de Deus, mas seu verdadeiro pecado recairá sobre a "Casa" ou o Templo. Por quê? Porque, do ponto de vista de Deus, eles existirão por ter sobrevivido à Grande Tribulação. De fato, de acordo com Apocalipse 7: 9-17 e Ezequiel 40-48, a Grande Multidão terá o status de "Levita" ou membro da "Casa" ou do Templo que servindo a Deus no Templo com um serviço sagrado dia e noite. Portanto, qualquer pecado cometido por uma pessoa ressuscitada que não existe oficialmente, automaticamente recairá sobre a humanidade legalmente existente, os membros do Templo ou a "Casa". Uma expiação anual, baseada no Sangue de Cristo, será feita para todos os "erros" ou pecados cometidos pelos inexperientes ressuscitados, no sétimo mês, isto é, a cada 10 Tishri: "Assim, eu lhe disse imediatamente: “Meu senhor, é o senhor quem sabe.” Ele me disse: “Esses são os que saem da grande tribulação; eles lavaram suas vestes compridas e as embranqueceram no sangue do Cordeiro. É por isso que estão diante do trono de Deus, e lhe prestam serviço sagrado dia e noite no seu templo; Aquele que está sentado no trono estenderá a sua tenda sobre eles" (Apocalipse 7: 14,15).

O SENTIDO DA LEI

O simbolismo dos números na Bíblia

O simbolismo das criaturas na Bíblia

A VISÃO DO TEMPLO DE EZEQUIEL PARTE 1

A VISÃO DO TEMPLO DE EZEQUIEL A ADMINISTRAÇÃO MUNDIAL DO REINO DE DEUS: PARTE 2

A ADMINISTRAÇÃO MUNDIAL DO REINO DE DEUS PARTE 3: A MEDIÇÃO DO TEMPLO: OS MORTOS RESSUSCITADOS JUSTOS NA TERRA NÃO SERÃO JULGADOS

A VISÃO DO TEMPLO DE EZEQUIEL PARTE 5: A ressurreição celestial

A VISÃO DO TEMPLO DE EZEQUIEL PARTE 6: A ressurreição terrestre

A VISÃO DO TEMPLO DE EZEQUIEL PARTE 7: A acolhida dos ressuscitados terrestres

A VISÃO DO TEMPLO DE EZEQUIEL PARTE 8: A "porção" dos ressuscitados terrestres

A VISÃO DO TEMPLO DE EZEQUIEL PARTE 9: O PRÍNCIPE

A VISÃO DO TEMPLO DE EZEQUIEL PARTE 10: O SACERDOTE

A VISÃO DO TEMPLO DE EZEQUIEL PARTE 11: O LEVITA

A COLHEITA DAS VIDAS

O FIM DO PATRIOTISMO

MENU PRINCIPAL