Español                                   English                                   Français

BÍBLIA ONLINE

BÍBLIA ONLINE (Traduções comparativas)

BÍBLIA ONLINE (Em vários idiomas)

A CIDADE CEMITÉRIO DE HAMONÁ

Os sete meses de limpeza da Terra

“E os da casa de Israel terão de enterrá-los com o fim de purificar a terra, por sete meses”

(Ezequiel 39:12)

Este período começa o 10 de Tisri e acaba o 10 de Nisan (Ezequiel 40: 1). Se compararmos este versículo com outro na mesma profecia, Ezequiel 45:21, entendemos que no dia 10 de Nisan, será uma celebração gloriosa do estabelecimento do Reino de Deus na terra, seguido pela primeira comemoração da morte de Cristo, no paraíso terrestre: "No primeiro [mês], no décimo quarto dia do mês, deve ocorrer para vós a páscoa. Sendo uma festividade, devem-se comer por sete dias pães não fermentados" (Ezequiel 45:21). Assim, podemos entender melhor por que é à Terra deve ser limpa antes dos sete meses, antes da data do 10 de Nisan.

“E todo o povo da terra terá de fazer o sepultamento e isso há de tornar-se para eles uma questão de fama no dia em que eu me glorificar’, é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová” (Ezequiel 39:13).

A santificação da terra, será sob a direção dos sacerdotes (os anciãos da congregação local responsável pela zona de limpeza DA Terra, que garante a "fama") ou a pureza do território sob a sua responsabilidade (Deuteronômio 21: 1,5).

“E serão separados homens para [serviço] contínuo, que passarão pela terra para enterrar, com os que passam, aqueles que tiverem sobrado na superfície da terra, a fim de purificá-la. Continuarão a fazer a busca até o fim de sete meses. 15 E os que estiverem passando pela terra terão de atravessá-la, e se alguém realmente vir o osso de um homem, então terá de erigir ao seu lado um marco, até que seja sepultado pelos enterradores no Vale da Massa de Gente de Gogue. 16 E o nome da cidade também será Hamoná. E terão de purificar a terra” (Ezequiel 39:14-16).

“E o nome da cidade também será Hamoná. E terão de purificar a terra”

(Ezequiel 39:16)

O contexto do capítulo 39 de Ezequiel, nos permite entender o que representa a cidade de Hamonah, lugar onde serão enterrados Gogue de Magogue e a suas tropas: “E naquele dia terá de acontecer que darei ali a Gogue um lugar, uma sepultura em Israel, o vale dos que passam, ao leste do mar, e ele impedirá os que passarem. E ali terão de enterrar a Gogue e toda a sua massa de gente, e certamente [o] chamarão de Vale da Massa de Gente de Gogue. 12 E os da casa de Israel terão de enterrá-los com o fim de purificar a terra, por sete meses. 13 E todo o povo da terra terá de fazer o sepultamento e isso há de tornar-se para eles uma questão de fama no dia em que eu me glorificar’, é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová” (Ezequiel 39:11-13).

Este texto mostra que o lugar do enterro das vítimas da Grande Tribulação será, simbolicamente, a “leste do mar morto”, o que parece indicar onde estavam as cidades de Sodoma e Gomorra. As vítimas da destruição destas cidades foram "dadas ao sal": “Ali estarão os seus brejos e os seus charcos, e estes não serão curados. Hão de ser entregues ao sal” (Ezequiel 47:11). Além disso, em Ezequiel 39: 14-16, lemos que os restos mortais das vítimas da Grande Tribulação, não serão enterrados no mesmo lugar onde foram encontrados. Serão enterrados na cidade cemitério Hamonah, "mais perto". O versículo 16, menciona a enigmática cidade de Hamonah, que representa simbolicamente, todas as cidades e aldeias do antigo sistema de coisas. Significa que todas as vítimas da Grande Tribulação, nas cidades ou aldeias, ficarão là, nestas cidades transformadas em cemitérios, a de acordo com Ezequiel 47:11, serão “entregues ao sal”, como "Sodoma e Gomorra".

As vítimas da grande tribulação nas casas no campo

Na profecia de Amos, está escrito o procedimento quando se encontrarão vítimas da Grande Tribulação, nas casas de campo: “E terá de acontecer que, se numa casa sobrarem dez homens, eles também terão de morrer. 10 E o irmão de seu pai terá de carregá-los para fora um por um e os queimará um por um, a fim de retirar da casa [os] ossos. E terá de dizer a quem estiver nas partes mais recônditas da casa: ‘Há mais alguém contigo?’ E ele certamente dirá: ‘Não há ninguém!’ E terá de dizer: ‘Fica calado! Pois não é a ocasião para se mencionar o nome de Jeová.’” 11 “‘Pois eis que Jeová está dando ordens e ele certamente golpeará a casa grande [até ficar] em escombros e a casa pequena, em destroços” (Amós 6:9-11).

As vítimas da Grande Tribulação, serão saídas das casas de campo pelos parentes mais próximos, (se for possível). Os restos mortais, serão queimados fora. As casas, no campo, onde se encontraram às vítimas, serão demolidas sem possibilidade de reconstruir no mesmo lugar. Assim, se aplicará a lei das casas “leprosas”, cuja destruição era decretada pelo sacerdote (Levítico 14: 33-47). É a confirmação, de que esta purificação da terra estará sob a direção dos sacerdotes, os anciãos da Congregação. Quanto a situações intermediárias, que não são mencionadas na Bíblia, são os sacerdotes, os anciãos da Congregação, que provavelmente terão de decidir sobre a situação com a ajuda da sabedoria de Deus.

A LIBERTAÇÃO

MENU PRINCIPAL