Español                                   English                                   Français

BÍBLIA ONLINE

BÍBLIA ONLINE (Traduções comparativas)

BÍBLIA ONLINE (Em vários idiomas)

O ATAQUE DE GOGUE DE MAGOGUE COMEÇOU

QUEM É GOGUE DE MAGOGUE?

A expressão "Gogue de Magogue" está na profecia de Ezequiel capítulos 38 e 39. Este rei, desta profecia, quer exterminar o povo de Deus, antes da grande tribulação.

Quem é "Gogue de Magogue" ? O reino de “Magogue”, são os descendentes de Jafé (a expressão genérica (que resume), representa os territórios, ou as nações do passado ou do presente, cuja ascendência é de "Jafé”, um dos filhos de Noé). O nome de "Gogue", não se refere diretamente à existência de um rei do passado que o levava (Gênesis 10:2). Obviamente, a expressão de “Gogue de Magogue”, é um trocadilho por assonância, GOGUE de maGOGUE (ou GOGUE de mAGOGUE).

Além disso, o trocadilho “GOGUE e mAGOGUE”, seria o suficiente semelhante como para fazer pensar num rei do passado, que tinha as mesmas intenções maliciosas de extermínio do povo de Deus, Israel. Este rei é: AGAGUE, do povo dos amalequitas que tentaram, sem razão, exterminar os israelitas, no ermo, no tempo de Moisés. Portanto, Jeová tinha decretado o extermínio dos amalequitas por causa das suas más intenções (Êxodo 17:8-16).

Enquanto os israelitas estavam às portas da terra prometida, podemos ler o que Balaão disse em bênção para o povo de Deus: “Água está escorrendo dos seus dois baldes de couro, E sua semente está junto a muitas águas. Também seu rei será mais elevado do que Agague, E seu reino ficará erguido” (Números 24:7). Nos, alguns manuscritos antigos, en vez do nome “Agague”, há “Gogue” (MSyVg; SamLXX: “Gogue”). O que é a demostração que o nome desconhecido “Gogue” é un trocadilho que fazia referencia ao rei malvado “Agague”.

O QUE REPRESENTA GOGUE DE MAGOGUE?

Segundo Ezequiel, capítulo 38, Gogue de Magogue é uma coalizão internacional composta principalmente de dois grupos de nações descendentes de duas das crianças de Noé, Jafé e Cã:

“E continuou a vir a haver para mim a palavra de Jeová, dizendo: 2 “Filho do homem, fixa a tua face contra Gogue da terra de Magogue, o maioral-chefe de Meseque e Tubal, e profetiza contra ele. 3 E tens de dizer: ‘Assim disse o Soberano Senhor Jeová: “Eis que sou contra ti, ó Gogue, maioral-chefe de Meseque e Tubal. 4 E hei de voltar-te e pôr ganchos nas tuas maxilas, e hei de fazer-te sair com toda a tua força militar, cavalos e cavaleiros, todos eles vestidos com esmero, uma congregação numerosa, com escudo grande e broquel, todos eles manejando espadas; 5 com eles Pérsia, Etiópia e Pute, todos eles com broquel e capacete; 6 Gômer e todas as suas tropas, a casa de Togarma, [das] partes mais remotas do norte, e todas as suas tropas, muitos povos contigo” (Ezequiel 38:1-6).

Este texto mostra que o epicentro do início do ataque de Gogue de Magogue contra o povo de Deus, vem do território do reino de Jafé, o "as partes mais remotas do Norte", ou seja, a atual Rússia, com Moscou,  como a capital, e as nações vizinhas.

O segundo epicentro do ataque do Gogue de Magogue, é no reino de Cã, a parte nordeste do continente da África, a Etiópia do período bíblico que englobava provavelmente, Eritreia e Sudão, atuais vizinhos da Etiópia.

COMO SE DESENVOLVE O ATAQUE DE GOGUE DE MAGOGUE CONTRA O POVO DE DEUS?

De acordo com Ezequiel 38: 1-6, há duas origens donde sai o último ataque de Gogue de Magogue, são do território de Jafé, "partes mais remotas do norte", na Rússia e também as nações descendentes de Cã, particularmente do nordeste da África. Como num terremoto, quando se trata de "epicentro" (origem), significa, também, depois, as ondas de choque que, de acordo com a profecia, atingem o “meio da terra" (Ezequiel 38:12). A expressão "no meio da terra" deixa entender que num momento o ataque de Gogue de Magogue, chamará a atenção do mundo, sobre o povo de Deus. Deixa entender uma deslocação da origem do ataque “no meio da terra” como “ondas de choque”, que vai de nordeste a oeste, Europa Ocidental e Estados Unidos da América. Nesta fase final do ataque, Jeová intervirá em favor do seu povo.

No entanto, o contexto da profecia de Ezequiel 38, deixa entender que não é a primeiro ataque de Gogue de Magogue contra o povo de Deus: “Você receberá atenção depois de muitos dias. No fim dos anos, você invadirá a terra cujo povo foi restabelecido da devastação da espada, que foi reunido dentre muitos povos e trazido aos montes de Israel, os quais por muito tempo tinham ficado devastados. Os habitantes dessa terra foram trazidos de volta dentre as nações e todos eles moram em segurança” (Ezequiel 38:8).

As expressões “povo foi restabelecido da devastação da espada” e “os quais por muito tempo tinham ficado devastados”, mostram que durante o começo do século XX até hoje, o povo de Deus tem sofrido muitas perseguições da parte de Gogue de Magogue; durante a Primeira e Segunda Guerra Mundial e durante a Guerra Fria, ate hoje, muitos adoradores de Jeová sofreram e sofrem da perseguição em toda parte do mundo.

Assim, a profecia de Ezequiel 38 e 39, é principalmente a descrição do último ataque de Gogue de Magogue, causado, neste caso, pela vontade de Deus, com o propósito de destruir este malicioso "rei", com à sua coalizão: “Farei você dar meia-volta, porei ganchos nas suas mandíbulas e o farei sair com toda a sua força militar, cavalos e cavaleiros, todos eles vestidos com esplendor, um exército numeroso com escudos grandes e pequenos, todos eles armados com espadas” (Ezequiel 38:4).

O ÚLTIMO ATAQUE DE GOGUE DE MAGOGUE É FEITO NO MESMO PERIÓDO DA DESTRUIÇÃO DE BABILÔNIA A GRANDE (E NÃO DEPOIS)

Quando é que este ataque? Parece lógico pensar que como Apocalipse 17:17, está escrito que Deus "pôs no coração deles o desejo de executarem o pensamento dele", a “fera” destruir a Babilônia, a grande, o mesmo acontece em Ezequiel 38:4. Embora sejam duas profecias diferentes, Jeová faz que Gogue de Magogue, dirige a sua atenção à o seu povo, para melhor acertar as contas com este rei malvado. O ataque de Gogue de Magogue se encaixa no quadro geral da destruição das religiões e não após a conclusão da destruição da Babilônia a grande.

Assim, desde 1991 (o início da destruição de Babilônia a grande), até a grande tribulação, o povo de Deus sofre um novo aumento dos ataques de Gogue de Magogue, do norte do território de Jafé, particularmente a partir da Rússia, bem como o continente africano, no território de Cã. Em grande parte do território de Jafé, o povo de Deus é perseguido e não tem liberdade de culto, especialmente neste vasto país da China e outros países asiáticos. Nas partes do território da África, alguns santos são ou foram presos por muitos anos.

No nome do patriotismo, alguns governos atacam a integridade cristã dos santos, na adoração exclusiva à Jeová Deus e na sua lealdade ao Rei Jesus Cristo. Notavelmente, se pode observar o grande "acordo" entre o último “rei” mencionado em Daniel 8:23 e um dos "príncipes" do território de Jafé, das “partes mais remotas do norte”, Russia com os Estados Unidos, uma simpatia entre o senhor Putine e o senhor Trump (Ezequiel 38:6).

O ÚLTIMO ATAQUE DE GOGUE DE MAGOGUE TEM COMEÇADO

O ATAQUE DE GOGUE DE MAGOGUE ESTÁ CONCENTRADO NOS MONTES DE ISRAEL

“Você receberá atenção depois de muitos dias. No fim dos anos, você invadirá a terra cujo povo foi restabelecido da devastação da espada, que foi reunido dentre muitos povos e trazido aos montes de Israel, os quais por muito tempo tinham ficado devastados. Os habitantes dessa terra foram trazidos de volta dentre as nações e todos eles moram em segurança. 9 Você virá contra eles como uma tempestade e cobrirá a terra como nuvens, você, todas as suas tropas e os muitos povos que o acompanham.”’

10 “Assim diz o Soberano Senhor Jeová: ‘Naquele dia surgirão ideias no seu coração e você planejará uma trama perversa. 11 Você dirá: “Invadirei a terra de povoados desprotegidos. Irei contra os que vivem em segurança, sem perturbação; todos eles moram em povoados sem muralhas, trancas ou portões.” 12 Seu objetivo será tomar muito despojo e espólio, será atacar os lugares devastados agora repovoados e um povo que foi reunido dentre as nações e está acumulando riquezas e bens, morando no meio da terra” (Ezequiel 38:8-12).

Lemos que Gogue de Magogue ataca os "montes de Israel", ou seja, a parte mais visível do povo de Deus, seus lugares de adoração, organizados em centros administrativos locais, regionais, nacionais em forma de cidades “desprotegidas”, "sem muralhas, trancas ou portões". Gogue de Magogue furta, confisca as propriedades, os bens móvel e imóvel do povo de Deus, que vive nos montes de Israel.

Os últimos acontecimentos dramáticos que ocorreram ultimamente, nas “partes mais remotas do norte" do território de Jafé, na Rússia, é a demonstração, pelos fatos, que estamos no período de ultimo ataque de Gogue de Magogue contra o povo de Deus. Na Rússia foi decretada a proibição da liberdade de adoração, em 20 de abril de 2017.  Na verdade, o povo de Deus está no centro do ataque de Gogue de Magogue. De acordo com a profecia de Ezequiel, este ataque continuará em ondas de choque da Europa para os Estados Unidos da América, pouco antes da grande tribulação.

CARTA PARA AS CINCO VIRGENS DISCRETAS

A GRANDE MULTIDÃO

MENU PRINCIPAL