Español                                   English                                   Français

BÍBLIA ONLINE

BÍBLIA ONLINE (Traduções comparativas)

BÍBLIA ONLINE (Em vários idiomas)

As frases em azul (entre dois parágrafos) fornecem explicações bíblicas adicionais e detalhadas. Basta clicar no link em azul. Os artigos bíblicos são escritos principalmente em quatro idiomas: português, francês, espanhol e inglês

“Somente não comam a carne de um animal com seu sangue, que é a sua vida”

(Gênesis 9:4) 

O SANGUE SAGRADO

Jeová Deus proibiu o consumo de sangue, como alimento ou para fins medicais ou terapêuticos. No tempo após o do dilúvio, a proibição a respeito do sangue, repetiu-se na Lei mosaica: “Se algum homem da casa de Israel ou algum estrangeiro que mora entre vocês comer o sangue de qualquer criatura, eu certamente me voltarei contra aquele que comer o sangue, e o eliminarei dentre seu povo” (Levítico 17:10).

O sangue e o seu valor expiatório

Após a repetição desta proibição de comer sangue, Jeová explicou a razão desta Lei: “Pois a vida de uma criatura está no sangue, e eu mesmo o dei a vocês para que façam expiação por si mesmos no altar. Pois é o sangue que faz expiação por meio da vida que está nele. 12 Foi por isso que eu disse aos israelitas: “Nenhum de vocês deve comer sangue, e nenhum estrangeiro que mora entre vocês deve comer sangue” (Levítico 17:11,12).

O sangue tem um valor expiatório e solo podia usar-se para os sacrifícios (de animais limpos), o que simboliza o retorno da vida a Deus, neste caso, ao pé do altar sacrificial. Esta restituição da vida era simbolizada pelo derramamento de sangue do animal que se comeria: “Somente não deveis comer o sangue. Deves derramá-lo na terra como água” (Deuteronômio 12:16).

O cristão respeita o valor expiatório do sangue

O valor sagrado do sangue (especialmente do sangue humano), se entende melhor ao saber como o valor do sangue de Cristo nos salva. Fica claro, que esta proibição do consumo de sangue foi repetida no início do cristianismo no tempo dos apóstolos de Cristo: “Por isso, a minha decisão é não causar dificuldades a essas pessoas das nações, que estão se convertendo a Deus, mas lhes escrever para que se abstenham de coisas contaminadas por ídolos, de imoralidade sexual, do que foi estrangulado e de sangue. (...) Pois pareceu bem ao espírito santo e a nós não impor a vocês nenhum fardo além destas coisas necessárias: que persistam em se abster de coisas sacrificadas a ídolos, de sangue, do que foi estrangulado e de imoralidade sexual. Se vocês se guardarem cuidadosamente dessas coisas, tudo irá bem com vocês. Saudações!” (Atos 15:19,20,28,29).

O cristão deve comer apenas a carne de um animal devidamente sangrado. Ele não deve comer a carne de um animal estrangulado cujo sangue permaneceu em seu corpo. Ele não deve comer morcela, estufado de carne marinada em sangue (civet), alimentos industriais que contêm sangue, como plasma.

Também, esta lei cristã no sangue, proíbe ao ser humano de derramar o sangue de outro ser humano. O sangue e a vida humana pertencem a Deus e não a  pátria (ou uma nação). Deus proíbe de derramar sangue humano em nome da pátria ou duma nação, em nome de Deus. O ódio assassino é proibido: "Todo aquele que odeia o seu irmão é assassino, e vocês sabem que a vida eterna não permanece em nenhum assassino" (1 João 3:15). O assassinato e homicídio são proibidos, sejam por motivos pessoais, pelo patriotismo religioso ou pelo patriotismo do Estado: "Jesus lhe disse então: “Devolva a espada ao seu lugar, pois todos os que tomarem a espada morrerão pela espada"" (Mateus 26:52). “Portanto, paguem a César o que é de César, mas a Deus o que é de Deus” (Mateus 22:21). Jeová Deus proíbe a vingança do sangue, porque pertence a Ele: "Eles clamaram em alta voz: “Até quando, Soberano Senhor, santo e verdadeiro, tu te refrearás de julgar os que moram na terra e de vingar o nosso sangue, que eles derramaram?”" (Revelação 6:10). "Não se vinguem, amados, mas deem lugar à ira; pois está escrito: “‘A vingança é minha; eu retribuirei’, diz Jeová" (Romanos 12:19). Deus vingará sangue inocente, durante a grande tribulação, com o Rei Jesus Cristo (Apocalipse 19:11-21) (O fim do patriotismo).

Sangue e medicina

Segundo o decreto apostólico, a proibição do consumo de sangue foi repetida (Atos 15:19,20,28,29). Este decreto se aplica diretamente à proibição de alimentos com sangue e também ao uso terapêutico do sangue: como transfusão de sangue ou transfusão de plasma, plaquetas, glóbulos vermelhos e brancos. Existem alternativas médicas à transfusão? Sim. No entanto, esses produtos devem estar disponíveis na parte do mundo em que vive. Para isso, deve conversar com seu médico, cirurgião ou anestesista, que pode ajudá-lo dessa maneira. Você pode obter ajuda de um cristão maduro na congregação, que pode fornecer informações sobre substitutos para transfusão de sangue disponível onde mora. Ele pode ajudá-lo a se preparar para a entrevista com o anestesista que deve estar envolvido na cirurgia. Se o anestesista ou cirurgião se recusar a operar sem uma transfusão de sangue, o cristão maduro poderá informar ou dar um nome de um cirurgião, anestesista ou hospital que aceitaria operar sem transfusão de sangue.

Existem outras terapias médicas, que são tomadas de decisões pessoais baseadas em discernimento, sabedoria e bom juízo. É importante conversar com seu médico, cirurgião ou anestesista (no caso de uma operação). Se você precisar de ajuda espiritual com o tratamento médico, não hesite em consultar um cristão maduro que tentará frisar os princípios bíblicos em jogo. Patologias e possibilidades terapêuticas correspondentes, são tão numerosos que não podem ser apresentados em detalhes neste artigo. Pesquisando na Internet pode ser uma grande ajuda. Informação, comunicação e consulta, todas com a ajuda de Deus, com oração, são os principais pontos que permitirão que tome a melhor decisão de respeitar os princípios bíblicos no tratamento médico: "Mas o alimento sólido é para as pessoas maduras, para aqueles que pelo uso têm sua capacidade de discernimento treinada para saber distinguir tanto o certo como o errado" (Hebreus 5:14). "Sem orientação perita, o povo cai, Mas com muitos conselheiros há bons resultados" (Provérbios 11:14). "Portanto, se falta sabedoria a algum de vocês, que ele persista em pedi-la a Deus — pois ele dá a todos generosamente, sem censurar —, e ela lhe será dada. 6 Mas que ele persista em pedir com fé, sem duvidar de nada" (Tiago 1:5,6) (A madureza espiritual).